Filósofo alemão (27/9/1770-14/11/1831). Um dos criadores do idealismo, teve grande influência sobre o pensamento filosófico do século XIX. Georg Wilhelm Friedrich Hegel nasce em Stuttgart. Filho de pastor protestante, toma contato com o latim ainda criança e aprende os clássicos gregos e romanos no ginásio. Encorajado pelo pai, entra no seminário da Universidade de Tubingen em 1788, onde fica amigo do poeta Friedrich Hölderlin e do filósofo Friedrich von Schelling.

Após concluir os estudos de filosofia, torna-se tutor particular em Berna, na Suíça, e depois em Frankfurt, na Alemanha. Estuda e dá aulas na Universidade de Jena em 1801, quando conhece a obra de Spinoza, Rousseau, Kant e Schelling. Embora discorde bastante das teses desses pensadores, seu trabalho é muito influenciado por eles.

Em 1807 escreve A Fenomenologia da Mente, uma de suas produções mais conhecidas e na qual afirma que a ideia precede a existência. Anos depois, morando em Nuremberg, publica A Ciência da Lógica (1812).

Em 1816, como professor de filosofia na Universidade de Heidelberg, escreve a Enciclopédia das Ciências Filosóficas, que resume todo seu pensamento. No ano seguinte passa a dar aulas na Universidade de Berlim. Morre nessa cidade durante uma epidemia de cólera.