Escritor francês (5/8/1850-6/7/1893). É considerado o principal autor de narrativas curtas de seu país. Henry-René-Albert-Guy de Maupassant é o filho mais velho de Gustave e Laure de Maupassant. De acordo com sua mãe, nasce no Castelo de Miromesnil, mas há controvérsias. Quando ele está com 11 anos os pais se separam.

Aos 13 é mandado para um seminário, do qual é expulso em 1868. Forma-se advogado em Paris e trabalha nos ministérios da Marinha e da Instrução Pública. Descobre que tem sífilis, doença que também acomete o irmão.

Por meio de um tio conhece o escritor francês Gustave Flaubert, que lhe apresenta o conterrâneo Émile Zola. Este organiza um volume de contos chamado Les Soirées de Médan (1880), e Maupassant contribui com Boule de Suif (Bola de Sebo), tido como o melhor do livro e um dos melhores do autor.

Entre 1880 e 1890 escreve cerca de 300 contos, seis romances, três livros de viagens e um único volume de poesias. Sua obra é marcada por concisão e vigor. Em 1892, depois de tentar o suicídio, é internado num manicômio em Paris, onde morre, um ano e meio depois.