Político norte-americano de origem alemã (27/5/1923-). Recebe o Prêmio Nobel da Paz de 1973. Nascido em Furth, na Alemanha, Henry Alfred Kissinger imigra com a família para os Estados Unidos (EUA) em 1939, para fugir da perseguição nazista aos judeus.

Forma-se em contabilidade e em 1954 cursa pós-graduação em Harvard. Projeta-se ao publicar Armas Nucleares e Política Externa (1957). É conselheiro político dos presidentes Dwight Eisenhower, John Kennedy e Lyndon Johnson.

Em 1969 junta-se ao governo de Richard Nixone toma parte nas negociações para o fim da participação dos EUA na Guerra do Vietnã. Em 1973 torna-se secretário de Estado, posto que mantém na administração de Gerald Ford. Em 1969 participa ativamente do início das Conversações para a Limitação de Armas Estratégicas, conhecidas como Acordo Salt, com a União Soviética.

Em 1972 organiza a visita de Nixon à China, primeiro contato oficial dos dois países desde a ascensão do governo comunista ao poder. Em 1974 e 1975 toma a iniciativa de pacificar o Oriente Médio, onde há disputa de territórios entre judeus e árabes.

Em 1976 inicia gestão semelhante de pacificação na África do Sul, dividida pelo apartheid (política de segregação racial). Abandona a política e torna-se conferencista e comentarista durante a década de 90. Visita o Brasil várias vezes, a última em 1995. Escreve diversos livros, inclusive suas memórias, Anos de Renovação, cujo terceiro volume vem à luz em 1999.