Turcos vão às urnas neste domingo (10/08) na primeira eleição direta para presidente na história do país.

A disputa é entre três candidatos, incluindo o atual primeiro-ministro, Recep Tayyip Erdogan. Se nenhum dos candidatos obter mais de 50% dos votos, um segundo turno será realizado no dia 24 de agosto.

Os outros dois candidatos são o pouco conhecido diplomata Ekmeleddin Ihsanoglu e o político curdo Selahattin Demirtas.

Erdogan, 60, diz que, se eleito, transformará o cargo de presidente, em grande parte cerimonial, na potência executiva do país. Ele é primeiro-ministro desde 2003 e está impedido de concorrer novamente ao cargo.

Leia mais na BBC Brasil