Inicio seta Física seta Aniquilação

Aniquilação

Avaliação: 5.0 / 5 (1 voto)
Aniquilação é um termo que representa a total destruição de algo. No caso da física, quando falamos de aniquilação, estamos falando da destruição mútua de partículas elementares e de suas respectivas antipartículas resultante do encontro entre elas, e gerando desta forma uma liberação de energia que geralmente ocorre sob a forma de raios . Um exemplo comum que pode ser citado aqui é o de o encontro entre um elétron com sua antipartícula, o pósitron. Neste caso, são gerados dois raios gama se movendo em sentidos opostos e cuja energia total é igual à da massa das duas partículas aniquiladas.

Este exemplo geralmente é utilizado também para demonstrar a conservação da carga elétrica e a da energia: No instante inicial, a carga elétrica total é nula, pois existe uma carga negativa devida ao elétron e uma carga positiva devida ao pósitron. No momento em que as partículas se aniquilam, a carga elétrica desaparece, ou seja, continuando com a carga nula que existia antes do choque. Porém as massas das duas partículas não poderiam simplesmente desaparecer, sendo originados daí então os raios gama de energias iguais às massa das duas cargas. O processo oposto ao processo de aniquilamento também é conhecido, e ocorre quando um raio gama passa próximo a um núcleo pesado e age como um elemento catalisador produzindo um par elétron-pósitron. A conservação da carga também nos garante que um elétron ou um pósitron não podem simplesmente se desintegrar dando origem a dois raios gama, pois a carga inicial seria positiva ou negativa e a carga final seria nula.


 

MM - MMXIII © Algo Sobre Vestibular, Enem e Concurso
Quem somos | Feed | Cadastre-se | Anunciar | Release | Termos do Uso
Você está sendo registrado com suas credenciais do Facebook.