Inicio seta História seta Sumérios, Os

Sumérios, Os

Avaliação: 4.1 / 5 (7 votos)

A vida dos Sumérios era organizada em grandes cidades como, por exemplo, as cidades de Ur, Eridu, Kish, Nippur, Lagash e Uruk. Tais cidades se organizavam inicialmente em torno dos templos e das burocracias sacerdotais. Os territórios ao redor das cidades eram irrigados por sistemas que funcionavam de acordo com os rios próximos. Embarcações, veículos de rodas e fornos já eram utilizados. O cobre já era fundido na Suméria desde por volta de 4000 anos antes de Cristo, e o bronze passou a ser trabalhado não muito tempo depois. Os minérios, assim como os metais e as pedras preciosas, foram obtidos através de embarcações de longo curso e também de empreitadas por caravanas. O ferro passou a ser utilizado a partir de 200 anos antes de Cristo. No entanto, o aprimoramento das técnicas de trabalho com o material se deu com os Hititas, no período por volta de 1200 anos antes de Cristo, quando o aprimoramento de tais técnicas passou a ser difundido.

Lista de Deuses feita pelos sumérios a partir da Escrita cuneiforme no século 24 a.C.

A região da Mesopotâmia foi governada durante cerca de 1800 anos por acadianos, assírios e amoritas. Houve também governos intermediários dos mitanis, hititas e cassitas: estes últimos tiveram provável origem indo-europeia, enquanto os primeiros foram constituintes de povos semíticos de cultura derivada dos Sumérios. Portanto, a organização política vigente era regida por estas dinastias reais, que dominaram as regiões centrais e adjacentes à Mesopotâmia.

O desenvolvimento científico na região mesopotâmica era bastante desenvolvido: houve o início das ciências matemáticas, de largo uso prático para as mais diversas atividades do homem daquele período. Havia também o conhecimento sobre ervas benéficas, cujas propriedades medicinais eram aproveitadas para a cura de diversos males de saúde da população. Desde este período, o homem também parecia interessar-se pelos astros: a observação do céu passou a ser sistematizada dentro das possibilidades científicas do período. Todo o conjunto de conhecimentos adquiridos pelos homens da Mesopotâmia era registrado por escribas: os governantes auxiliavam também na construção e manutenção de vastas "bibliotecas", onde os registros científicos eram armazenados.

A origem da religião está registrada nos escritos destes povos: na poesia épica suméria, os deuses eram representados de maneira hierárquica. Os deuses eram homenageados através de rituais sacrificiais. O lugar destes rituais era considerado sagrado: erigiram-se para estes grandes templos. Talvez a religião tenha sido inicialmente uma meio que supria a vontade de conhecimento do homem das causas que deram origem ao mundo. Desta forma, os deuses destes povos eram seres responsáveis individualmente por uma modalidade de força natural (por exemplo, estes povos relacionavam os deuses aos elementos naturais como a terra, a água, o céu, o fogo etc. Espelhando-se em seus deuses, o homem os concebia à sua semelhança: os registros de pinturas e esculturas mostram deuses antropomórficos, isto é, à semelhança de homens.

Papiro

 

MM - MMXIII © Algo Sobre Vestibular, Enem e Concurso
Quem somos | Feed | Cadastre-se | Anunciar | Release | Termos do Uso
Você está sendo registrado com suas credenciais do Facebook.