Que características a empresa valoriza mais: técnicas ou comportamentais?

Ari Lima

por:

sobre: Carreira

Existem diversas características profissionais que são valorizadas pelas empresas, dentre elas encontram-se as habilidades técnicas, base para o desenvolvimento do trabalho deste profissional naquele contexto. No entanto, outras habilidades também são fundamentais para que este colaborador possa utilizar seus conhecimentos técnicos de maneira útil para a organização em que trabalha. São as "7 competências essenciais" que possibilitarão a este profissional usar de maneira proveitosa e eficaz seus conhecimentos e sua competência técnica.

Um profissional pode ter grande habilidade técnica para desenvolver suas tarefas, mas, mesmo assim, precisará estar motivado para fazê-lo. É importante saber trabalhar em equipe, pois haverá ocasiões em que necessitará da ajuda de outras pessoas para realizar determinadas tarefas. Seu relacionamento interpessoal com os colegas de trabalho, com os clientes e com os fornecedores pode facilitar de maneira relevante seu trabalho. A criatividade para solucionar problemas incomuns que surgirem será de grande importância, e a capacidade de produzir conhecimentos continuamente ajudará no seu crescimento profissional.

Existe um estudo do professor John Kotter, da Universidade de Harvard, apresentado no livro As Novas Regras. Ele acompanhou um grupo de 115 alunos desta universidade, durante 20 anos, após sua formatura em 1974. Comparou o desempenho profissional deles ao final do período, com as notas obtidas pelos mesmos, ao concluírem o curso. O resultado, ao contrario do que se esperava, mostrou que não havia ralação positiva entra as notas obtidas, e o sucesso pessoal e profissional alcançado pelos participantes. Ou seja, os melhores alunos não foram os que obtiveram maior sucesso pessoal e profissional.

Por esta razão, destacamos 7 competências como essenciais para a realização de um trabalho eficaz nas organizações, e que são extremamente valorizadas nas empresas, são elas:

  • auto-motivação - que é a capacidade de se motivar continuamente, independente das situações adversas ou contratempos que possam ocorrer.
  • bom humor - que é a arte de gerenciar o próprio estado de espírito, para enfrentar o trabalho do dia a dia e a vida pessoal.
  • produção de conhecimento - capacidade de crescer profissionalmente, adquirindo conhecimentos relevantes a sua profissão.
  • liderança - capacidade de dirigir pessoas e obter o melhor delas.
  • relacionamento interpessoal - capacidade de se comunicar com as pessoas em geral de forma eficaz, fazer amigos e influenciar pessoas.
  • criatividade - capacidade de inovar, criar  métodos e soluções novas.
  • capacidade de sonhar - exercício de imaginar coisas  impossíveis e criar condições para realizá-las.

Sobre a questão, que características a empresa valoriza mais: técnicas ou comportamentais? Diríamos que as habilidades comportamentais são mais valorizadas em relação às habilidades técnicas. A oferta de profissionais com conhecimentos técnicos específicos para as várias funções disponíveis no mercado de trabalho são grandes, haja vista o nível de desemprego existente. No entanto, profissionais com as 7 competências essenciais são uma exceção a regra, e por isto são muito mais valorizados pelas empresas em geral.

Normalmente estas características são negligenciadas por muitos profissionais que se empenham em adquirir formação técnica, através de cursos e treinamentos, e esquecem que mesmo sendo um profissional competente tecnicamente, precisarão também trabalhar em equipe, estarem motivados, criarem e inovarem continuamente e se relacionarem de maneira eficaz.

De fato, para as empresa, um profissional com as 7 competências essenciais bem desenvolvidas, e com habilidades técnicas apenas mediana, torna-se muito mais útil àquela organização, do que um profissional destacadamente competente do ponto de vista técnico, mas com graves problemas de relacionamento interpessoal, falta de motivação, instabilidade emocional e outras carências comportamentais.

Portanto, sugerimos que empresas e profissionais busquem, alem da formação técnica, desenvolver também este conjunto de competências comportamentais tão importantes para a produtividade organizacional: a 7 competências essenciais.


Últimas Notícias

Inscrições para o Vestibular Unicamp 2015 terminam dia 11/9

Inscrições para o Vestibular Unicamp 2015 terminam dia 11/9

Quinta, 04/09/14
A Comvest encerra na próxima quinta-feira,  dia 11 de setembro (às 20 horas)... mais »
IBGE prevê cerca de 1,5 mil vagas em concurso ainda em 2014

IBGE prevê cerca de 1,5 mil vagas em concurso ainda em 2014

Quinta, 14/08/14
O IBGE espera autorização do governo federal para realizar um concurso público, ... mais »
UFPB divulga edital oferecendo 16 vagas para docentes em João Pessoa

UFPB divulga edital oferecendo 16 vagas para docentes em João Pessoa

Quinta, 14/08/14
Os candidatos que desejarem realizar sua inscrição devem procurar a secretaria d... mais »

Publique seu artigo

Utilize o espaço que o Algo Sobre disponibiliza para você professor, jornalista ou estudante divulgar seu trabalho com publicações no site.

Enviar agora