Inicio seta Gramática seta Ortografia

Ortografia

Avaliação: 2.8 / 5 (12 votos)

Ao escrever uma palavra com som de s, de z, de x ou de j, deve-se procurar a origem dela, pois, na Língua Portuguesa, a palavra primitiva, em muitos casos, indica como deveremos escrever a palavra derivada.

Ç

1.
Escreveremos com -ção as palavras derivadas de vocábulos terminados em -to, -tor, -tivo e os substantivos formados pela posposição do -ção ao tema de um verbo (Tema é o que sobra, quando se retira a desinência de infinitivo - r - do verbo).

 Portanto deve-se procurar a origem da palavra terminada em -ção. Por exemplo: Donde provém a palavra conjunção? Resposta: provém de conjunto. Por isso, escrevemo-la com ç.

Exemplos:
  • erudito = erudição
  • exceto = exceção
  • setor = seção
  • intuitivo = intuição
  • redator = redação
  • ereto = ereção
  • educar - r + ção = educação
  • exportar - r + ção = exportação
  • repartir - r + ção = repartição
2. Escreveremos com -tenção os substantivos correspondentes aos verbos derivados do verbo ter.

Exemplos:
  • manter = manutenção
  • reter = retenção
  • deter = detenção
  • conter = contenção
3. Escreveremos com -çar os verbos derivados de substantivos terminados em -ce.

Exemplos:
  • alcance = alcançar
  • lance = lançar
S

1.
Escreveremos com -s- as palavras derivadas de verbos terminados em -nder e -ndir

Exemplos:
  • pretender = pretensão
  • defender = defesa, defensivo
  • despender = despesa
  • compreender = compreensão
  • fundir = fusão
  • expandir = expansão
2. Escreveremos com -s- as palavras derivadas de verbos terminados em -erter, -ertir e -ergir.

Exemplos:
  • perverter = perversão
  • converter = conversão
  • reverter = reversão
  • divertir = diversão
  • aspergir = aspersão
  • imergir = imersão
3. Escreveremos -puls- nas palavras derivadas de verbos terminados em -pelir e -curs-, nas palavras derivadas de verbos terminados em -correr.

Exemplos:
  • expelir = expulsão
  • impelir = impulso
  • compelir = compulsório
  • concorrer = concurso
  • discorrer = discurso
  • percorrer = percurso
4. Escreveremos com -s- todas as palavras terminadas em -oso e -osa, com exceção de gozo.

Exemplos:
  • gostosa
  • glamorosa
  • saboroso
  • horroroso
5. Escreveremos com -s- todas as palavras terminadas em -ase, -ese, -ise e -ose, com exceção de gaze e deslize.

Exemplos:
  • fase
  • crase
  • tese
  • osmose
6. Escreveremos com -s- as palavras femininas terminadas em -isa.

Exemplos:
  • poetisa
  • profetisa
  • Heloísa
  • Marisa
7. Escreveremos com -s- toda a conjugação dos verbos pôr, querer e usar.

Exemplos:
  • Eu pus
  • Ele quis
  • Nós usamos
  • Eles quiseram
  • Quando nós quisermos
  • Se eles usassem
Ç ou S?

Após ditongo
, escreveremos com -ç-, quando houver som de s, e escreveremos com -s-, quando houver som de z.

Exemplos:
  • eleição
  • traição
  • Neusa
  • coisa
S ou Z?

1.-a)
Escreveremos com -s- as palavras terminadas em -ês e -esa que indicarem nacionalidades, títulos ou nomes próprios.

Exemplos:
  • português
  • norueguesa
  • marquês
  • duquesa
  • Inês
  • Teresa
1.-b) Escreveremos com -z- as palavras terminadas em -ez e -eza, substantivos abstratos que provêm de adjetivos, ou seja, palavras que indicam a existência de uma qualidade.

Exemplos:
  • embriaguez
  • limpeza
  • lucidez
  • nobreza
  • acidez
  • pobreza
2.-a) Escreveremos com -s- os verbos terminados em -isar, quando a palavra primitiva já possuir o -s-.

Exemplos:
  • análise = analisar
  • pesquisa = pesquisar
  • paralisia = paralisar
2.-b) Escreveremos com -z- os verbos terminados em -izar, quando a palavra primitiva não possuir -s-.

Exemplos:
  • economia = economizar
  • terror = aterrorizar
  • frágil = fragilizar
Cuidado:
  • catequese = catequizar
  • síntese = sintetizar
  • hipnose = hipnotizar
  • batismo = batizar
3.-a) Escreveremos com -s- os diminutivos terminados em -sinho e -sito, quando a palavra primitiva já possuir o -s- no final do radical.

Exemplos:
  • casinha
  • asinha
  • portuguesinho
  • camponesinha
  • Teresinha
  • Inesita
3.-b) Escreveremos com -z- os diminutivos terminados em -zinho e -zito, quando a palavra primitiva não possuir -s- no final do radical.

Exemplos:
  • mulherzinha
  • arvorezinha
  • alemãozinho
  • aviãozinho
  • pincelzinho
  • corzinha
SS

1.
Escreveremos com -cess- as palavras derivadas de verbos terminados em -ceder.

Exemplos:
  • anteceder = antecessor
  • exceder = excesso
  • conceder = concessão
2. Escreveremos com -press- as palavras derivadas de verbos terminados em -primir.

Exemplos:
  • imprimir = impressão
  • comprimir = compressa
  • deprimir = depressivo
3. Escreveremos com -gress- as palavras derivadas de verbos terminados em -gredir.

Exemplos:
  • agredir = agressão
  • progredir = progresso
  • transgredir = transgressor
4. Escreveremos com -miss- ou -mess- as palavras derivadas de verbos terminados em -meter.

Exemplos:
  • comprometer = compromisso
  • intrometer = intromissão
  • prometer = promessa
  • remeter = remessa
ÇS ou SS
Em relação ao verbos terminados em -tir, teremos:

1. Escreveremos com -ção, se apenas retirarmos a desinência de infinitivo -r, dos verbos terminados em -tir.

Exemplo:
  • curtir - r + ção = curtição
2. Escreveremos com -são, quando, ao retirarmos toda a terminação -tir, a última letra for consoante.

Exemplo:
  • divertir - tir + são = diversão
3. Escreveremos com -ssão, quando, ao retirarmos toda a terminação -tir, a última letra for vogal.

Exemplo:
  • discutir - tir + ssão = discussão
J

1.
Escreveremos com -j- as palavras derivadas dos verbos terminados em -jar.

Exemplos:
  • trajar = traje, eu trajei.
  • encorajar = que eles encorajem
  • viajar = que eles viajem
3. Escreveremos com -j- as palavras derivadas de vocábulos terminados em -ja.

Exemplos:
  • loja = lojista
  • gorja = gorjeta
  • canja = canjica
4. Escreveremos com -j- as palavras de origem tupi, africana ou popular.

Exemplos:
  • jeca
  • jibóia
  • jiló
  • pajé
G

1. Escreveremos com -g- todas as palavras terminadas em -ágio, -égio, -ígio, -ógio, -úgio.

Exemplos:

  • pedágio
  • colégio
  • sacrilégio
  • prestígio
  • relógio
  • refúgio
2. Escreveremos com -g- todas as palavras terminadas em -gem, com exceção de pajem, lambujem e a conjugação dos verbos terminados em -jar.

Exemplos:
  • a viagem
  • a coragem
  • a personagem
  • a vernissagem
  • a ferrugem
  • a penugem
X

1.
Escreveremos com -x- as palavras iniciadas por mex-, com exceção de mecha.

Exemplos:
  • mexilhão
  • mexer
  • mexerica
  • México
  • mexerico
  • mexido
2. Escreveremos com -x- as palavras iniciadas por enx-, com exceção das derivadas de vocábulos iniciados por ch- e da palavra enchova.

Exemplos:
  • enxada
  • enxerto
  • enxerido
  • enxurrada
mas:
  • cheio = encher, enchente
  • charco = encharcar
  • chiqueiro = enchiqueirar
3. Escreveremos -x- após ditongo, com exceção de recauchutar e guache.

Exemplos:
  • ameixa
  • deixar
  • queixa
  • feixe
  • peixe
  • gueixa
UIR e OER

Os verbos terminados em -uir e -oer terão as 2ª e 3ª pessoas do singular do Presente do Indicativo escritas com -i-.

Exemplos:
  • tu possuis
  • ele possui
  • tu constróis
  • ele constrói
  • tu móis
  • ele mói
  • tu róis
  • ele rói
UAR e OAR

Os verbos terminados em -uar e -oar terão todas as pessoas do Presente do Subjuntivo escritas com -e-.

Exemplos:
  • Que eu efetue
  • Que tu efetues
  • Que ele atenue
  • Que nós atenuemos
  • Que vós entoeis
  • Que eles entoem


 

MM - MMXIII © Algo Sobre Vestibular, Enem e Concurso
Quem somos | Feed | Cadastre-se | Anunciar | Release | Termos do Uso
Você está sendo registrado com suas credenciais do Facebook.