Engenharia de Comunicação

O Curso

O curso tem o objetivo de oferecer uma formação reunindo uma base de engenharia elétrica, associada a conhecimentos de tecnologias da informação e de redes de comunicação multimídia - voz, dados e imagem, de modo a preparar profissionais com conhecimento de mercado, para atender a novas necessidades da sociedade da informação, no que se refere ao conteúdo, às aplicações e às tecnologias das redes de alta velocidade e redes multimídia como a Internet.

O profissional de Engenharia de Redes de Comunicação tem assim a formação necessária para desenvolver as tecnologias básicas, realizar projetos, desenvolver softwares, implantar, operar e gerenciar redes de telefonia, televisão e comunicações de dados, bem como produzir conteúdo e construir aplicações multimídia integrando assim todos os serviços de redes.

Perfil Profissional

O profissional de Engenharia de Redes de Comunicação exerce atividades de engenheiro projetista de redes, engenheiro integrador de sistemas de comunicação, engenheiro de desenvolvimento de sistemas distribuídos, engenheiro de instalação e operação de redes, gerente de redes, administrador de áreas e departamentos de teleinformática, planejador de arquiteturas corporativas de tecnologia da informação, assessor técnico, engenheiro técnico-comercial, consultor independente, empresário provedor de serviços de redes, administrador de ambientes de tecnologia da informação e de produção de conteúdo, gestor da segurança da informação, professor e pesquisador.

Mercado de Trabalho

IlustraçãoO Engenheiro de Redes é formado para atuar em todos os ambientes de aplicação das redes de comunicação, seja para operar tais redes, seja para permitir uma utilização efetiva e produtiva, seja para possibilitar novos desenvolvimentos e aplicações. Em todo o mundo, e com mais razão no Brasil, onde a utilização de serviços de redes não cessa de aumentar, as potenciais aplicações de redes de comunicação abrangem a maior parte das atividades sociais e todos os setores econômicos, permitindo ao engenheiro de redes atender à demanda de um vasto mercado de trabalho composto de concessionárias de telecomunicações, provedores de serviços de redes, empresas usuárias de serviços de redes, bancos e instituições financeiras, empresas de processamento de dados, empresas de consultoria, órgãos públicos, universidades e instituições de pesquisa, indústrias de telecomunicações, fornecedores de equipamento de redes e integradores, além de instituições de ensino e pesquisa.

Matérias

- Cálculo
- Introdução à Álgebra Linear
- Física
- Física Experimental
- Fundamentos de Redes
- Probabilidade e Estatística
- Computação para Engenharia
- Equações Diferenciais
- Sistemas Digitais
- Sistemas de Programação
- Métodos Matemáticos da Física
- Circuitos Elétricos
- Eletromagnetismo Geral
- Sistemas Digitais


Últimas Notícias

IBGE prevê cerca de 1,5 mil vagas em concurso ainda em 2014

IBGE prevê cerca de 1,5 mil vagas em concurso ainda em 2014

Quinta, 14/08/14
O IBGE espera autorização do governo federal para realizar um concurso público, ... mais »
UFPB divulga edital oferecendo 16 vagas para docentes em João Pessoa

UFPB divulga edital oferecendo 16 vagas para docentes em João Pessoa

Quinta, 14/08/14
Os candidatos que desejarem realizar sua inscrição devem procurar a secretaria d... mais »
Ministério do Planejamento autoriza concurso com mais de 100 vagas para o INPI

Ministério do Planejamento autoriza concurso com mais de 100 vagas para o INPI

Quinta, 14/08/14
As 140 vagas à serem preenchidas são para os cargos de Pesquisador em Propriedad... mais »

Publique seu artigo

Utilize o espaço que o Algo Sobre disponibiliza para você professor, jornalista ou estudante divulgar seu trabalho com publicações no site.

Enviar agora