Inicio seta Redação seta Como fazer a introdução da dissertação?

Como fazer a introdução da dissertação?

Avaliação: 4.0 / 5 (23 votos)

A Introdução

Aristóteles já dizia:  "A introdução é aquilo que não pede nada antes, mas que exige algo depois". E ele tinha razão, pois a introdução  inicia o leitor no assunto. Diz o que o  texto vai dizer. Então, já deu pra perceber que nas primeiras linhas, o leitor deve ser informado sobre o tema da redação. E mais: como essa tema será apresentado.

Comece com frase bem atrativa, que chame a atenção de quem está lendo. Pode ser uma pergunta, uma declaração, uma exclamação. O importante é que esteja dentro do tema. Bem, mas como aqui a gente mata a cobra e mostra o pau, vamos dar um exemplo de introdução nota 10:

O mundo anda carente de confiança. Em quem acreditar, em quem confiar? Antigamente a gente confiava mais nas pessoas. Hoje talvez sejamos mais espertos, criancinhas conhecem mundos e maldades que a gente só conhecia depois de casado...e olhe lá.

Olhe que bela introdução de texto: logo na primeira frase, o autor já diz o tema da redação, que é a carência de confiança que o mundo está sofrendo. Depois ele reforça o tema com uma pergunta (em quem confiar?). Após isso, ele apresenta argumentos para provar o valor da declaração inicial: antigamente, confiávamos mais nas pessoas e as crianças estão conhecendo as maldades cada vez mais cedo.

São esses argumentos que serão defendidos no desenvolvimento, um em cada parágrafo. Fácil, não?

Vejamos outro modelo de introdução:

Parece que agora o governo brasileiro quer ensinar aos governantes estrangeiros como sair da penúria. Do jeito que falam, dão a entender que o Brasil é um exemplo de administração pública e prosperidade, ao contrário dos outros países. Mas basta viajar para a Europa, por exemplo, para se ter uma opinião bem diferente da dos nossos dirigentes.

Nessa introdução, o autor começa com uma frase inicial bem irônica e ela já contém o tema: o governo brasileiro quer ensinar aos estrangeiros a como sair de uma crise econômica. Depois, ele apresenta um argumento para explicar o que disse anteriormente e na última frase, ele demonstra que não concorda com a atitude dos governantes brasileiros e assim já nos mostra qual é o objetivo do texto.

tema: o governo brasileiro

delimitação do tema (tópico frasal): o governo brasileiro quer ensinar aos estrangeiros a como sair de uma crise.
objetivo: mostrar que a realidade não é outra

Vamos a outro exemplo:

Desde que comecei a votar, sempre depositei minha confiança no Partido dos Trabalhadores. Demorou, mais Lula chegou lá. Foram oito anos de governo, continuados agora com Dilma, em quem também votei. Reconheço que houve muitos erros, muitos escândalos, mas nada muito diferente da época em que o PSDB estava no poder. O país avançou economicamente, mas a miséria continua. Agora me pergunto: vale a pena continuar acreditando no PT?

Dessa vez, o autor foi esperto. Começou falando sobre os seus primeiros votos, analisando os candidatos que escolheu. Depois fez uma pergunta que instiga o leitor a continuar lendo. O desenvolvimento dessa introdução só tem um caminho: responder a essa pergunta. Acho essa uma das melhores formas de se  introduzir um texto.


 

MM - MMXIII © Algo Sobre Vestibular, Enem e Concurso
Quem somos | Feed | Cadastre-se | Anunciar | Release | Termos do Uso
Você está sendo registrado com suas credenciais do Facebook.