Inicio seta Redação seta Dicas de Redação para Concursos: O Parágrafo

Dicas de Redação para Concursos: O Parágrafo

Avaliação: 3.8 / 5 (27 votos)

Caríssimos, minha proposta nesse artigo é afastar o fantasma que se cria em torno da produção de textos, mais especificamente da prova de redação dissertativa.

Tenho verificado, nos encontros de redação, certa deficiência por parte dos candidatos  na  estruturação dos textos dissertativo-argumentativos; o produtor do texto domina o conteúdo teórico  (nas provas discursivas), tem conhecimento do tema, do conteúdo a ser discutido, todavia desconhece a forma de estruturá-lo, enfim de dar sentido às sua ideias com sequencia lógica, com coesão.

Com o intuito de auxiliá-los nessa árdua e dolorosa tarefa, passarei algumas dicas que lhes poderão ser úteis na produção do seu texto, numa  situação de concurso, por exemplo. As questões discursivas (referentes a disciplinas específicas) também seguem a orientação dos textos dissertativos, considerando-se que a estrutura – introdução, desenvolvimento conclusão - está presente na articulação de todos os textos.

Antes de pensarmos na estruturação global do texto dissertativo-argumentativo, devemos conhecer a estrutura de uma de suas unidades básicas: o parágrafo.

O Parágrafo

O parágrafo é  organizado em torno de uma ideia-núcleo, que é desenvolvida por ideias secundárias. O parágrafo pode ser formado por uma ou mais frases, sendo seu tamanho variável. No texto dissertativo-argumentativo, os parágrafos devem estar todos relacionados com a tese ou ideia principal  do texto, geralmente apresentada na introdução.

Embora existam diferentes formas de organização de parágrafos, os textos dissertativo-argumentativos e alguns gêneros jornalísticos apresentam uma estrutura-padrão. Essa estrutura consiste em três partes: a ideia-núcleo, as ideias secundárias (que desenvolvem a ideia-núcleo) e a conclusão (que reafirma a ideia-básica). Em parágrafos curtos, é raro haver conclusão.

Conheça a estrutura-padrão a seguir, observando sua organização interna

  • ideia-núcleo: A poluição que se verifica principalmente nas capitais do país é um problema relevante, para cuja solução é necessária uma ação conjunta de toda a sociedade.
  • ideia secundária: O governo, por exemplo, deve rever sua legislação de proteção ao meio ambiente, ou fazer valer as leis em vigor; o empresário pode dar sua contribuição, instalando filtro de controle dos gases e líquidos expelidos, e a população, utilizando menos o transporte individual e aderindo aos programas de rodízio de automóveis e caminhões, como já ocorre em São Paulo.
  • conclusão: Medidas que venham a excluir qualquer um desses três setores da sociedade tendem a ser inócuas no combate à poluição e apenas onerar as contas públicas.

Observe que a ideia-núcleo apresentou palavras-chave (poluição / solução /  ação conjunta / sociedade) que vão nortear o restante do parágrafo. O período subsequente – ideia secundária – vai desenvolver o que foi citado anteriormente: ação conjunta – do governo, do empresário e da população. O último período retoma as ideias anteriores, posicionando-se frente ao tema.

Em suma, note que todo o parágrafo se organiza em torno do primeiro período, que expõe o ponto de vista do autor sobre como combater a poluição. O segundo período desenvolve e fundamenta a ideia-núcleo, apontando como cada um dos setores envolvidos pode contribuir. O último período conclui o parágrafo, reforçando a ideia-núcleo.

Outro aspecto que merece especial atenção são os elementos relacionadores, isto é, os conectores ou conetivos. Eles são responsáveis pela coesão do texto e tornam a leitura mais fluente; visam a estabelecer um encadeamento lógico entre as ideias e servem de “elo” entre o parágrafo, ou no interior do período, e o tópico que o antecede. Saber usá-los com precisão, tanto no interior da frase, quanto ao passar de um enunciado para outro, é uma exigência também para a clareza do texto. Sem esses conectores – pronomes relativos, conjunções, advérbios, preposições , palavras denotativas – as ideias não fluem, muitas vezes o pensamento não se completa, e o texto torna-se obscuro, sem coerência.

Os elementos relacionadores não são, todavia, obrigatórios; geralmente estão presentes a partir do segundo parágrafo. No exemplo a seguir, o parágrafo demonstrativo certamente não constitui o 1º parágrafo de uma redação.

Exemplo de um parágrafo e suas divisões

“Nesse contexto, é um grave erro a liberação da maconha. Provocará de imediato violenta elevação do consumo. O Estado perderá o precário controle que ainda exerce sobre as drogas psicotrópicas e nossas instituições de recuperação de viciados não terão estrutura suficiente para atender à demanda. Enfim, viveremos o caos.” 
(Alberto Corazza, Isto É, com adaptações)

Elemento relacionador : Nesse contexto.
Tópico frasal: é um grave erro a liberação da maconha.
Desenvolvimento: Provocará de imediato violenta elevação do consumo. O Estado perderá o precário controle que ainda exerce sobre as drogas psicotrópicas e nossas instituições de recuperação de viciados não terão estrutura suficiente para atender à demanda.
Conclusão: Enfim, viveremos o caos.

(Obra consultada: MOURA, Fernando. Nas Linhas e Entrelinhas, 6ª edição, 2004. Ed.Vestcon)

Caríssimos, nesse contato, meu objetivo era mostrar a estrutura da unidade básica dos textos, o parágrafo.  No próximo encontro conversarei sobre a estrutura global do texto e na sequência passarei dicas sobre coesão, coerência e aspectos formais da redação, além de outros assuntos.

Meu objetivo, também, é convencê-los de que as provas discursivas não são tão preocupantes a ponto de os candidatos desistirem do concurso. Basta seguir a orientação dada, com conhecimento prévio do que será avaliado no texto, que a nuvem negra da insegurança se dissipará.

Fiquem à vontade para questionar, sugerir assuntos para serem discutidos. Estou à disposição para elucidar alguma dúvida; pretendo ser clara e objetiva nas respostas. Críticas (construtivas) e sugestões serão bem vindas.


 

MM - MMXIII © Algo Sobre Vestibular, Enem e Concurso
Quem somos | Feed | Cadastre-se | Anunciar | Release | Termos do Uso
Você está sendo registrado com suas credenciais do Facebook.