Inicio seta Redação seta Não comece pelo começo (a redação)

Não comece pelo começo (a redação)

Avaliação: 3.9 / 5 (10 votos)

Vixe Maria! Acabei de receber um e-mail de um leitor que me deixou aperreada. Resolvi responder na mesma hora.

Olhem só o que ele disse:

"Boa tarde! Sou um fracassado em redação, pois não sei como começar. Para mim, não falta ideia. Será que um dia vou aprender a escrever uma redação? Qual o método para se fazer uma redação boa?"

Ômi, antes de tudo, pare com esse pensamento negativo. Não vá pela cabeça desse povo que acha que chique é pensar em coisa ruim.

Você não é melhor nem pior do que ninguém. Então, por que não aprenderia a escrever? Qualquer pessoa pode escrever bem. Basta querer e trabalhar pra isso. Mas a primeira coisa é se achar capaz. Se a criatura se acha incapaz, aí é que não aprende mesmo. Tudo começa na cachola.

Claro que nem todo mundo pode virar escritor. Mas escrever bem, ah, isso pode, sim. Pode e deve.

Pois bem. Você fala que não consegue começar uma redação. Todo aluno se queixa da mesma coisa. Vai ver que é porque você começa pelo começo. Onde já se viu começar redação pelo começo? Começo é introdução. Se você não escreveu nada, vai introduzir o quê? O vazio?

Então, anota aí: primeiro, produza o miolo do texto. A sustança. O recheio. Depois você introduz o negócio e conclui. Com o tempo, quando você dominar o "timing" da introdução, pode aprender os vários tipos de abertura dos textos. Aí, você vai ver como tudo fica mais fácil.

Mais fácil, não. Fica menos difícil. Porque escrever bem não é só questão de dica. É questão de muita leitura e de muita prática. Não tem pra onde correr, não. Daí, se você lê, pratica e aprende as técnicas, ninguém lhe segura, não, meu filho. Você deita, rola e ainda finge de morto.


 

MM - MMXIII © Algo Sobre Vestibular, Enem e Concurso
Quem somos | Feed | Cadastre-se | Anunciar | Release | Termos do Uso
Você está sendo registrado com suas credenciais do Facebook.