Características Gerais dos Seres Vivos

Em função da dificuldade de definir o que é um ser vivo, os cientistas estudam algumas características que possibilitem a distinção entre um ser vivo (fator biótico) e um corpo inanimado (fator abiótico). A seguir são colocadas algumas dessas características.

Composição Química

Nos corpos inanimados ela é simples (apenas substâncias inorgânicas que são moléculas pequenas e relativamente simples), já nos seres vivos, ela é mais complexa, pois além de apresentar substâncias inorgânicas, os seres vivos apresentam, também, substâncias orgânicas (complexas e variadas formadas por longas cadeias, onde o carbono é o elemento principal). Então nos seres vivos têm:

a) Substâncias Orgânicas – proteínas, carboidratos, lipídios, ácidos nucléicos e vitaminas.
b) Substâncias Inorgânicas – água e sais minerais.

Organização Celular

Com exceção dos vírus os demais seres vivos são constituídos por célula (s). Essas apresentam constituição e organização diversificadas, como se observa a seguir: 

Considerando-se o número de células:

Organização Celulara) unicelular – organismo constituído por uma unica célula. Exemplos: bactérias, cianobactérias, protozoários, algumas algas e alguns fungos.
b) pluricelular – organismo constituído por várias células.
Exemplos: 
algumas algas, alguns fungos, todos os vegetais (considerando-se que as classificações atuais colocam todas as algas eucariontes no Reino Protista) e todos os animais.

Considerando-se a organização nuclear:

a) Procarionte – não apresenta a carioteca ou membrana nuclear. Exemplos: bactérias e cianobactérias.
b) Eucarionte – apresentam a carioteca e, portanto, o material genético organizado. Exemplos: Protozoários, algas protistas, fungos, vegetais e animais.

Níveis de organização

Para os organismos pluricelulares, observa-se níveis de organização superiores à célula. Veja: 

  • Células – são as unidades morfofisiológicas dos seres vivos, elas se reúnem para compor os tecidos.
  • Tecido – trata-se de um conjunto de células, semelhantes ou não, que se reúnem para desempenhar determinadas funções.
  • Órgãos – são estruturas formadas pela reunião de tecidos.
  • Sistemas – são formados pelos órgãos que se reunem para desempenhar determinadas funções.
  • Organismo – é composto por vários sistemas que se interagem harmonicamente.
  • População – é formada pelos indivíduos de uma espécie que vivem em uma mesma região e em uma determinada época.
  • Comunidade – é o conjunto de espécies que vi-vem em um determinado local e em uma deter-minada época.
  • Ecossistema – é o conjunto das comunidades de uma região interagindo com o ambiente (são os fatores bióticos mais os fatores abióticos).
  • Biosfera ou ecosfera – trata-se do conjunto de todos os ecossistemas do planeta  

Então os níveis básicos de organização dos seres vivos são:

Célula  -  tecido  -  órgão  -  sistema  -  organismo  -  população  -  comunidade  -  ecossistema  -  biosfera

Metabolismo

Conjunto das reações químicas que ocorrem no organismo. Pode ser de dois tipos básicos:

a) Catabolismo – reações que provocam a quebra de substâncias. 
Exemplos: respiração aeróbica, fermentação, digestão etc.
b) Anabolismo – reações que provocam a síntese (produção) de substâncias. 
Exemplos
: fotossíntese, quimiossíntese, fotorredução etc.
c) Homeostase - conjunto de fenômenos que garantem o equilíbrio do organismo. 
Exemplo
: o suor controlando a temperatura. 

Reprodução

Trata-se do processo pelo qual os seres vivos produzem descendentes para perpetuar a espécie. Pode ser:

a) Sexuada: ocorre com a presença de gameta ou havendo troca de material genético.

  • aspectos positivos – aumenta a variabilidade genética;
  • aspectos negativos – o consumo de energia é elevado;

b) Assexuada: ocorre na ausência de gametas e não envolve trocas de material genético.

  • aspectos positivos – o consumo de energia é baixo;
  • aspectos negativos – a produção de clones por esse processo pode ser desastrosa para a adaptação das espécies às modifica-ções do ambiente.

Reações aos Estímulos

São diversas as formas de um ser vivo responder a um estímulo, por exemplos: correr, andar, paralisar, tremer etc., porém depende sempre da participação de um dos dois fenômenos a seguir:

a) Sensibilidade – envolve a participação do sistema nervoso; os organismos que apresentam podem responder de forma diferente ao mesmo tipo de estímulo. Exemplo: quando o estímulo é um beijo, ele pode ser rejeitado (no caso de um estranho, feio e de odor desagradável!!!) ou aceito (no caso de um parente, um namorado ou namorada, isso se o odor for agradável, então tome banho de vez em quando!!!).
b) Irritabilidade – não tem a participação do sistema nervoso; são respostas atribuídas, sempre, da mesma forma.Exemplo: o fechamento da folha da planta, popularmente conhecida como malícia ou dormideira, ao ser tocada.

Evolução

Evolução dos Seres VivosÉ a capacidade que os seres vivos apresentam para sofrer transformações que lhes Possibilitem adaptar-se as modificações do ambiente. São necessários vários fenômenos para que ela aconteça, porém destacam-se dois:

a) Mutação – trata-se de modificação no material genético, na sequência de bases nitrogenadas.
b) Seleção Natural – é o papel que a natureza desempenha selecionando os organismos mais aptos em detrimento dos menos aptos.

Crescimento

Pode ocorrer nos corpos inanimados (rochas, cristais etc.) por deposição de novas moléculas (“de fora para dentro”), já nos seres vivos ocorre por intuscepção (por fenômenos que ocorrem dentro do corpo do indivíduo – “de dentro para fora”),  através de dois processos:

a) aumento do volume celular – ocorre nos unicelulares e nos pluricelulares.
b) aumento do número de células – ocorre somente nos pluricelulares.

Originalmente publicado em: http://vascobio.net


Últimas Notícias

IBGE prevê cerca de 1,5 mil vagas em concurso ainda em 2014

IBGE prevê cerca de 1,5 mil vagas em concurso ainda em 2014

Quinta, 14/08/14
O IBGE espera autorização do governo federal para realizar um concurso público, ... mais »
UFPB divulga edital oferecendo 16 vagas para docentes em João Pessoa

UFPB divulga edital oferecendo 16 vagas para docentes em João Pessoa

Quinta, 14/08/14
Os candidatos que desejarem realizar sua inscrição devem procurar a secretaria d... mais »
Ministério do Planejamento autoriza concurso com mais de 100 vagas para o INPI

Ministério do Planejamento autoriza concurso com mais de 100 vagas para o INPI

Quinta, 14/08/14
As 140 vagas à serem preenchidas são para os cargos de Pesquisador em Propriedad... mais »

Publique seu artigo

Utilize o espaço que o Algo Sobre disponibiliza para você professor, jornalista ou estudante divulgar seu trabalho com publicações no site.

Enviar agora