Químico e físico italiano (9/8/1776-9/7/1856). Autor de um dos princípios mais importantes da química moderna, a Lei de Avogadro, segundo a qual volumes iguais de quaisquer gases apresentam o mesmo número de mol&ePressione TAB e depois F para ouvir o conteúdo principal desta tela. Para pular essa leitura pressione TAB e depois F. Para pausar a leitura pressione D (primeira tecla à esquerda do F), para continuar pressione G (primeira tecla à direita do F). Para ir ao menu principal pressione a tecla J e depois F. Pressione F para ouvir essa instrução novamente.

Título do artigo: Amedeo Avogadro

por:

Químico e físico italiano (9/8/1776-9/7/1856). Autor de um dos princípios mais importantes da química moderna, a Lei de Avogadro, segundo a qual volumes iguais de quaisquer gases apresentam o mesmo número de moléculas quando submetidos às mesmas condições de temperatura e pressão.

Amedeo AvogadroNasce em Turim, filho de um nobre importante na administração pública, razão pela qual cresce conhecido como conde de Quaregna e Ceretto. Forma-se em ciências jurídicas na universidade local e exerce a advocacia por alguns anos. Apaixonado por física e química, dedica-se às duas ciências como amador até 1809, quando passa a lecionar física no Realle Collegio de Varcelli.

Em 1811 elabora o enunciado de sua hipótese. Ela só é aceita e transformada em lei em 1858, depois que o químico Stanislao Cannizzaro a utiliza para estabelecer a teoria atômico-molecular. Ingressa na Universidade de Turim, em 1820, como responsável pela cadeira de física e lá trabalha durante 30 anos. Parte de sua obra é publicada nesse período. Morre em Turim.