O sistema excretor é formado por dois rins, dois ureteres, uma bexiga e uma uretra. Os rins produzem a urina a partir de um filtrado sanguíneo. Os dois ureteres convergem a urina para a bexiga, que então a armazena. A urina é eliminada do corpo atravPressione TAB e depois F para ouvir o conteúdo principal desta tela. Para pular essa leitura pressione TAB e depois F. Para pausar a leitura pressione D (primeira tecla à esquerda do F), para continuar pressione G (primeira tecla à direita do F). Para ir ao menu principal pressione a tecla J e depois F. Pressione F para ouvir essa instrução novamente.

Título do artigo: Excreção humana

por:

O sistema excretor é formado por dois rins, dois ureteres, uma bexiga e uma uretra. Os rins produzem a urina a partir de um filtrado sanguíneo. Os dois ureteres convergem a urina para a bexiga, que então a armazena. A urina é eliminada do corpo através da uretra.

Rim

Órgão duplo, localizado na região abdominal. Possui duas partes: a externa, chamada de córtex e uma interna chamada de medula. É no córtex que ocorre propriamente a produção de urina. Nessa região, existem milhares de estruturas chamadas de néfrons.

Néfron

Estrutura microscópica porém multicelular que produz a urina. Possui como partes:

 Definição e/ou função
Arteríola aferente Traz o sangue para o glomérulo
Glomérulo Vaso enovelado
Arteríola eferenteLeva o sangue que passa pelo glomérulo
Cápsula Dilatação que contém o glomérulo
Túbulo renal Reabsorção do filtrado

 

Túbulo renal

Túbulo contorcido proximal → alça néfrica (de Henle) → túbulo contorcido distal → túbulo coletor

Função do néfron

  • Filtração
    Devido à pressão sanguínea, a parede do glomérulo distende abrindo frestas. Através dessas frestas, água e algumas substâncias pequenas (com glicose, aminoácido, ureia e sais) vazam para o interior da cápsula. O processo diário de filtração é de aproximadamente 180 litros/dia.
  • Reabsorção
    À medida que passam pelo túbulo renal, diversos componentes são reabsorvidos pela parede do túbulo por diversos mecanismos citológicos. Esses componentes são prontamente reinseridos no sangue. Em torno de 99% do filtrado é reabsorvido.
SubstânciaTaxa de reabsorção
Água 99%
Sais 99%
Glicose 100%
Aminoácidos100%
ureia50 – 60%


Um terceiro processo ocorre no túbulo renal que é a secreção tubular mas será desconsiderada aqui.

Controle hormonal

Hormônio antidiurético (vasopressina)

Produzido no hipotálamo e armazenado na neuroipófise. Aumenta a reabsorção de água no néfron. Reduz, consequentemente, o volume da urina. Sua produção é inibida por algumas substâncias, como o etanol. Face a isso, o sujeito que ingere bebida alcoólica, tende a urinar mais.

Aldosterona

Produzida e secretada pelo córtex da supra-renal (ou adrenal). Aumenta a reabsorção de sódio no túbulo renal. É lançado no sangue quando há falta de sódio na corrente sanguínea e/ou a pressão está baixa. Aumenta a devolução de sódio para o sangue. Isso aumenta também a entrada de água no sangue. Com o volume aumentado, a pressão tende a aumentar.

ANP (peptídio natriurético atrial)

Produzido pelo coração. É liberado quando a pressão sanguínea está alta. Age aumentando o calibre da arteríola aferente, diminuindo o calibre da arteríola eferente e inibindo a secreção do ADH. Tudo isso contribui para que haja maior filtração e menor reabsorção, promovendo então a diurese. Com a perda de urina, o volume sanguíneo diminui, e a pressão também.

MEDICAMENTO DIURÉTICO » ABAIXA A PRESSÃO SANGUÍNEA
MEDICAMENTO ANTIDIURÉTICO » AUMENTA A PRESSÃO SANGUÍNEA

Fonte: http://lasneaux.blogspot.com/2007/09/excreo-humana.html