O texto nem sempre é organizado conforme as normas de sintaxe.Pressione TAB e depois F para ouvir o conteúdo principal desta tela. Para pular essa leitura pressione TAB e depois F. Para pausar a leitura pressione D (primeira tecla à esquerda do F), para continuar pressione G (primeira tecla à direita do F). Para ir ao menu principal pressione a tecla J e depois F. Pressione F para ouvir essa instrução novamente.

Título do artigo: Figuras de sintaxe

por:

O texto nem sempre é organizado conforme as normas de sintaxe. Há, com frequência, desvios sintáticos e concordâncias irregulares que imprimem características peculiares à construção linguística. Assim, a ordem natural das palavras na frase é alterada, promovendo uma sintaxe incomum. Esses recursos usados por falantes e escritores, a fim de acrescentar mais vigor e expressividade à linguagem, chamam-se figuras de sintaxe ou de construção.

Elipse

Omissão de um termo, facilmente perceptível

Ex: (Eu) Preciso (de) que me ajudem.  

Zeugma

Elipse para não repetir verbo ou substantivo.

Ex: Encontrei a resposta. Ela não (encontrou a resposta)
Ex: Cláudia escovou os dentes. Eu, os cabelos (escovei)  

Hipérbato

Inversão da frase

Ex: Desfilavam os foliões. (ordem direta: Os foliões desfilavam)  

Pleonasmo

Repetição enfática de um termo ou ideia.

Ex: "Morrerás morte vil na mão de um forte..." - Gonçalves Dias
Ex: A mimme resta uma saída.  

Assíndeto

Ausência de conjunção coordenativa

Ex: "Cheguei, vi, venci."  

Polissíndeto

Repetição enfática de conjunção.

Ex: "Trabalha, e teima, e lima, e sofre, e sua" - Olavo Bilac

Anacoluto

Corte brusco de uma frase e início imediato de outra, de modo que fique sobrando um termo sem função

Ex: Espingarda, não me agradam armas de fogo.
Ex: "Quem o feio ama, bonito lhe parece" - Provérbio  

Anáfora

Repetição de palavra no início de versos ou de frases

Ex: "É pau, é pedra, é o fim do caminho" - Tom Jobim
Ex: "ela não sente, ela não ouve, avança! avança!" - Fialho d'Almeida

Hipálage

É atribuir-se a uma palavra o que pertence a outra na mesma frase.

Ex: “Em cada olho um grito castanho de ódio”. (Note que, pela lógica, “castanho” se refere a “olho”) - Dalton Trevisan

Silepse

Concordância com a ideia e não com a palavra. Tipos:

  • Silepse de gênero:Sua Excelência (substantivo feminino) está enganado (adjetivo masculino).
  • Silepse de número:Um bando (substantivo no singular) de moleques gritavam (verbo no plural).
  • Silepse de pessoa:Os candidatos (3ª pessoa) estamos preparados (1ª pessoa) 

Sínquise

Ocorre sínquise quando há uma inversão violenta de distantes partes da frase. É um hipérbato exagerado.

Ex:: "A grita se alevanta ao Céu, da gente. " (A grita da gente se alevanta ao Céu ) - Camões