Cineasta norte-americano (4/10/1895-1o/2/1966), um mais importantes comediantes do cinema mudo. Joseph Francis Keaton nasce em Piqua, no Kansas. Filho de um casal de artistas, estréia no palco de teatro com 3 anos, em um número de acrobacia.Pressione TAB e depois F para ouvir o conteúdo principal desta tela. Para pular essa leitura pressione TAB e depois F. Para pausar a leitura pressione D (primeira tecla à esquerda do F), para continuar pressione G (primeira tecla à direita do F). Para ir ao menu principal pressione a tecla J e depois F. Pressione F para ouvir essa instrução novamente.

Título do artigo: Buster Keaton

por:

Cineasta norte-americano (4/10/1895-1o/2/1966), um mais importantes comediantes do cinema mudo. Joseph Francis Keaton nasce em Piqua, no Kansas. Filho de um casal de artistas, estréia no palco de teatro com 3 anos, em um número de acrobacia.

Durante a adolescência, trabalha em teatros e clubes noturnos. É apelidado de Buster (demolidor) pela resistência a tombos. Em 1917 começa no cinema fazendo pontas e três anos depois passa a dirigir comédias - em pouco tempo também trabalha como ator em seus filmes.

Fica famoso ao criar um personagem que nunca ri, consagrado em A General (1927) e Marinheiro de Encomenda (1928). No começo da década de 30, passa por uma fase de decadência, por ter assinado um contrato com o estúdio Metro pelo qual perde o controle sobre o conteúdo criativo de seus filmes e tem de aceitar roteiros impostos pelo estúdio. Insatisfeito com as novas condições de trabalho, Keaton cai em depressão e no alcoolismo.

Buster Keaton Em 1932, sua mulher o acusa de adultério, provocando um escândalo. No ano seguinte é despedido da Metro. Passa duas décadas fazendo papéis secundários, até ser reabilitado por Hollywood em 1959, quando ganha um Oscar pelo conjunto da obra. Em 1962, Alemanha e França promovem retrospectivas de seus filmes.

Em 1965 roda na Espanha A Funny Thing Happened on the Way to the Forum e, pouco depois, protagoniza Film, de Samuel Beckett e Alan Schneider, lançado em 1967, após sua morte.