Psicólogo e psiquiatra suíço (26/7/1875-6/6/1961), fundador da psicologia analítica. Nasce em Kesswil, no cantão da...Pressione TAB e depois F para ouvir o conteúdo principal desta tela. Para pular essa leitura pressione TAB e depois F. Para pausar a leitura pressione D (primeira tecla à esquerda do F), para continuar pressione G (primeira tecla à direita do F). Para ir ao menu principal pressione a tecla J e depois F. Pressione F para ouvir essa instrução novamente.
Título do artigo:

Jung

97

por:

Psicólogo e psiquiatra suíço (26/7/1875-6/6/1961), fundador da psicologia analítica. Nasce em Kesswil, no cantão da Turgóvia, Suíça alemã, filho de um pastor protestante. Passa a juventude em um ambiente religioso. Estuda medicina na Basiléia e em Paris.

Adota as teses da psicanálise ao manter contato com Sigmund Freud a partir de 1907. Rompe a amizade com ele, em 1913, por discordar da ideia da natureza predominantemente sexual do inconsciente, defendida por Freud.

JungCom a psicologia analítica, Jung apresenta a teoria sobre a existência de dois inconscientes: o individual e o coletivo. Este, formado pelos símbolos universais transmitidos de geração em geração, seria representado pelos arquétipos.

Seus conceitos são até hoje utilizados em processos terapêuticos e nos estudos sobre arte e mitologia, quando figuras como a do herói ou da Terra-Mãe, por exemplo, são interpretadas como entidades preexistentes no inconsciente coletivo de cada um, ou como arquétipos. Morre em Kusnacht, perto de Zurique.