Filósofo francês (15/10/1926-25/6/1984). Pensador polêmico, cuja teoria põe em dúvida as teses de, no mínimo, dois pilares da cultura contemporânea: Karl Marx e Sigmund Freud. Michel Paul Foucault nasce em PoiPressione TAB e depois F para ouvir o conteúdo principal desta tela. Para pular essa leitura pressione TAB e depois F. Para pausar a leitura pressione D (primeira tecla à esquerda do F), para continuar pressione G (primeira tecla à direita do F). Para ir ao menu principal pressione a tecla J e depois F. Pressione F para ouvir essa instrução novamente.

Título do artigo: Michel Foucault

por:

Filósofo francês (15/10/1926-25/6/1984). Pensador polêmico, cuja teoria põe em dúvida as teses de, no mínimo, dois pilares da cultura contemporânea: Karl Marx e Sigmund Freud. Michel Paul Foucault nasce em Poitiers e estuda na Escola Normal Superior de Paris, diplomando-se em psicologia e psicopatologia.

A partir de 1960 leciona na Universidade de Clermont-Ferrand e em instituições de ensino superior da Alemanha e da Suécia. Professor no Collège de France a partir de 1970, procura mostrar que as verdades sobre a natureza e a sociedade humana, tidas como permanentes, variam ao longo da história.

Michel FoucaultEm História da Loucura na Idade Clássica (1961), observa como o pensamento é moldado pela hegemonia de um discurso e uma prática social determinados. Em Vigiar e Punir (1975), um de seus principais livros, analisa historicamente como o poder e condições políticas específicas afetam a produção do conhecimento.

Visita o Brasil várias vezes e exerce grande influência em nossos meios intelectuais. De 1976 a 1984 trabalha na redação de sua História da Sexualidade, da qual publica apenas os três primeiros volumes.