Em Informática é muito importante considerar a capacidade de armazenamento, já que quando se faz algo no computador, trabalha-se com arquivos que podem ser guardado Pressione TAB e depois F para ouvir o conteúdo principal desta tela. Para pular essa leitura pressione TAB e depois F. Para pausar a leitura pressione D (primeira tecla à esquerda do F), para continuar pressione G (primeira tecla à direita do F). Para ir ao menu principal pressione a tecla J e depois F. Pressione F para ouvir essa instrução novamente.

Título do artigo: Unidades de Medida do Computador

por:

As unidades de informação: bit e byte

Em Informática é muito importante considerar a capacidade de armazenamento, já que quando se faz algo no computador, trabalha-se com arquivos que podem ser guardados para uso posterior. Evidentemente, quando se armazena algo, isto ocupa um certo espaço de armazenamento.

Assim como a água é medida em litros ou o açúcar é medido em quilos, os dados de um computador são medidos em bits e bytes. Cada valor do código binário foi denominado "bit" (binary digit), que é a menor unidade de informação.

Cada conjunto de 8 bits forma o byte, o qual corresponde a um caracter, seguindo o código binário.

10010110

Por que 1 Kb equivale a 1024 bytes?

No caso do quilo e de outras medidas de nosso dia a dia, a estrutura numérica é construída sobre a base 10. O termo quilo representa a milhar constituída de alguma coisa. Nossa base de trabalho numérica, sendo 10, faz com que, quando a base é elevada à terceira potência, atinja a milhar exatamente com 1000 unidades.

Mas, quando falamos em bytes, grupos de bits, não estamos falando em base 10, mas sim em uma estrutura fundamentada no código binário, ou seja, na base 2, nos 2 modos que o computador detecta, geralmente chamados de 0 e 1.

Assim, quando queremos um quilo de bytes, temos que elevar essa base a algum número inteiro, até conseguir atingir a milhar.

Mas não há número inteiro possível que atinja exatamente o valor 1.000. Então, ao elevarmos a base 2 à décima potência, teremos 1024.

Com esse raciocínio agora podemos entender a seguinte tabela:

MedidaSigla Caracteres 
Byte 201 (8 bits)1 byte
KilobyteKB2101.0241.024 bytes
MegabyteMB2201.048.5761.024 KBytes
GigabyteGB2301.073.741.8241.024 MBytes
TerabyteTB2401.099.511.627.7761.024 GBytes
PentabytePB2501.125.899.906.842.6241.024 TBytes
HexabyteHB2601.152.921.504.606.846.9761.024 PBytes
YotabyteYB2801.208.925.819.614.630.000.000.0001.024 Hexabyte

Portanto, concluímos que, por exemplo, quando se diz que um disco rígido tem capacidade de armazenamento de 4,3 Gb, são armazenados aproximadamente 4 milhões e 500 mil caracteres.

b_200_133_16777215_01_images_stories_concurso_informatica_unidades-de-medida.jpg

Hertz ou (Hz) ou MegaHertz (MHz)

A velocidade dum processador mede-se em função da velocidade do seu relógio, que se mede em frequência (Hertz (Hz) ou Mega Hertz (MHz)). A frequência corresponde ao número de ciclos por segundo.
A frequência interna do relógio do processador varia de processador para processador, sendo comuns velocidades entre 2 MHz e 3200 MHz (3.2 GHz).

Instruções por segundo

Por vezes, erradamente, esta medida é confundida com o número de instruções que o processador realiza por segundo. Na realidade, cada instrução é realizada num número específico de ciclos, o que torna impossível definir com exatidão o número de instruções realizadas num segundo. Existem instruções que são realizadas num único ciclo de relógio (no limite é o que se deseja), enquanto outras demoram várias dezenas. Consequentemente quanto mais ciclos por segundo mais rápido será seguida as instruções.

Instruções por cicloVelocidade processadorMédia de segundos
80000800 MHz1 min e 40 seg
800003000 MHz (3.0 GHz)26 seg

Nota: Na tabela acima imagine uma instrução que precise de 80000 ciclos para se completar sendo executada em 2 computadores com processadores de velocidades diferentes, observe a diferença de tempo para resolução

RPM – Rotações por minuto

Característica encontrada por exemplo no Hard Disk

HD de 500 GB / 7200 RPM

O RPM é a velocidade na qual o disco interno do disco rígido gira, sendo assim, quanto maior a velocidade menor será o tempo para gravar ou ler informações no disco rígido deixando assim seu computador “mais rápido” ou “mais lento”.

Referências

http://www.cultura.ufpa.br/dicas/progra/arq-uni.htm
http://www.danilovalerio.com.br
http://www.juliomoraes.com/pt/2008/07/unidades-de-medida-do-sistema-binario-dos-computadores/