Migrações Populacionais

Algo Sobre

por:

sobre: Geografia

As  migrações populacionais remontam aos tempos pré – históricos. O homem parece estar constantemente à procura de novos horizontes. No passado, milhões e milhões de europeus e asiáticos migraram para todas as partes do mundo, conquistando e povoando continentes como a América, a Oceania e a África.

Ultimamente, tem–se verificado a migração espontânea de milhões de pessoas de quase todas as partes do mundo em direção à Europa e até mesmo à Ásia, entre as quais grandes números de descendentes aos países de origem dos seus antepassados.

Milhares de brasileiros argentinos migraram nos últimos anos, em decorrência da crise econômica que seus países atravessam, sobretudo em direção à Europa e à América do Norte.

As razões que explicam as migrações são inúmeras (político – ideológicas, étnico – raciais, profissionais, econômicos, catástrofes naturais etc.), embora razões econômicas sejam predominantes. A grande maioria das pessoas migra em busca de melhores condições de vida.

Todo ato migratório apresenta causas repulsivas(o indivíduo é forçado a migrar) e/ou atrativas ( o indivíduo é atraído por determinado lugar ou país).

Até antes da Segunda Guerra Mundial, as principais áreas de repulsão populacional eram a Europa e a Ásia (fome, guerra, epidemias, perseguições políticas e religiosas), e as principais de atração eram a América e a Oceania (colonização, crescimento econômico, possibilidade de enriquecimento etc.).

Entretanto, devido à enorme prosperidade do Japão e da Europa no período pós – Guerra , essas áreas tornam – se importantes focos de atração populacional, além, é claro, dos EUA, que sempre foram e continuam sendo um polo atrativo.

Além das migrações externas que implicam a movimentação de milhões de pessoas anualmente, há também as não menos importantes migrações internas, movimentos populacionais de variados tipos que se processam no interior dos diferentes países de todo o mundo.

Dentre as diversas migrações internas, temos:

Êxodo rural: Deslocamento de pessoas do meio rural para o meio urbano. Ocorre principalmente nos países subdesenvolvidos e sobretudo naqueles que experimentam um processo rápido de industrialização.
Transumância: Migração periódica (sazonal) e reversível (ida e volta) determinada pelo clima.
Migração Interna – Deslocamento feito dentro de um mesmo país. O indivíduo que realiza este movimento é conhecido como migrante.
Migração Externa – Deslocamento feito entre os países. Ao sair o indivíduo é conhecido como emigrante, ao entrar ele será conhecido como imigrante.Migração diversas: Entre zonas rurais, entre áreas urbanas, migrações em direção às áreas de descobertas de minerais, migração de fim de semana e outras mais.


Últimas Notícias

MEC divulga primeiras notas de corte do Sisu

MEC divulga primeiras notas de corte do Sisu

Quarta, 13/01/16
As primeiras notas de corte do Sistema Sisu 2016 estão disponíveis. É possível a... mais »
MEC divulga resultados do Enem 2015; confira

MEC divulga resultados do Enem 2015; confira

Quarta, 13/01/16
O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) ... mais »
 Unicamp 2016: Comvest divulga locais de prova da primeira fase

Unicamp 2016: Comvest divulga locais de prova da primeira fase

Sexta, 30/10/15
 Os candidatos ao Vestibular Unicamp 2016 já podem consultar, nesta página,... mais »

Publique seu artigo

Utilize o espaço que o Algo Sobre disponibiliza para você professor, jornalista ou estudante divulgar seu trabalho com publicações no site.

Enviar agora