Previously, it was called "Malinois Flanders." This canary does not know just a wonderful song to exceed knee motorcycle limits, but also the beauty, harmony and grace. Sometimes the Canary fans gold Malinois called beautiful yellow feathers. Cantori closed slightly open beak. Through the efforts of amateur breeders canary singing became more modulated and saturated. Songbirds sound material and non-material differ in particular, such as the Nightingale. It has been named so Malinois - Canary Nightingale. Belgian fans thought the song Nightingale sings Almalino buy zyprexa mrdoc online canada dog better and more convincing in the records allocated for the event, before playing the song Nightingale, and only then - Malinois. Highlight 12 tribes in the song Malinois. The most valuable among them babbling, gurgling, and appeared on the surface. This water is called a tour. It is no surprise that the mention of Belgium: the sound of water - warble from a clear picture consists somewhat sounds coming from the depths of the throat and the rotation of noise, such as
A denotação consiste em utilizar as palavras no seu sentido próprio, literal, comum, ou seja, aquele existente nos dicionários. Pressione TAB e depois F para ouvir o conteúdo principal desta tela. Para pular essa leitura pressione TAB e depois F. Para pausar a leitura pressione D (primeira tecla à esquerda do F), para continuar pressione G (primeira tecla à direita do F). Para ir ao menu principal pressione a tecla J e depois F. Pressione F para ouvir essa instrução novamente.
Título do artigo:

Denotação e Conotação

94

por:

Compare as duas frases:

1 – Faça uma fogueira com o máximo cuidado.
2 – Seu rosto foi consumido pela fogueira das minhas recordações.

A palavra fogueira tem dois significados, dependendo do contexto em que aparece: na frase 1, significa lenha ou outra matéria combustível empilhada, a qual se lança fogo; na frase 2, significa ardor, exaltação, entusiasmo.

No primeiro caso, a palavra fogueira está empregada em seu sentido denotativo.

A denotação consiste em utilizar as palavras no seu sentido próprio, literal, comum, ou seja, aquele existente nos dicionários. A linguagem denotativa é basicamente informativa, ou seja, não produz emoção ao leitor.

Já, na segunda frase, a palavra foi usada em sentido conotativo, pois a ela foi atribuída um novo significado.

Conotação é, portanto, o emprego de uma palavra em seu sentido figurado, e depende do contexto em que foi utilizada. Em textos literários, há predomínio da conotação. A conotação de uma palavra pode variar de indivíduo para indivíduo numa mesma comunidade, de acordo com as experiências pessoais de cada um.

Outros exemplos:

Prefiro responder-lhe pelas páginas de uma revista. (denotação)
Você é uma página virada na história da minha vida.
(conotação)
Os adversários lutaram até o anoitecer.
(denotação)
A criança luta todas as noites contra o sono.
(conotação)

Agora, veja estas frases dos textos:

“(O rio) Sempre sonhando rumo ao mar, / como uma canção de prata, /
vai cantando em seus cristais / desde a noite até a alvorada.”
“(O rio São Francisco) nasce em Minas Gerais e percorre 3160 quilômetros,
passando pela Bahia, por Pernambuco, Alagoas e Sergipe.”

Percebe-se que a linguagem do texto 1 é conotativa, pois o locutor usa palavras em um sentido diferente daquele em que normalmente são empregadas; já, a linguagem do segundo texto é denotativa, pois as palavras foram usadas em seu sentido próprio.