Cantora popular norte-americana (25/4/1918-14/6/1996). Desenvolve um estilo de cantar jazz muito imitado nas décadas de 50 e 60. Nascida em Newsport News, é descoberta em 1935 em um concurso de amadores no bairro nova-iorquino do Harlem e coPressione TAB e depois F para ouvir o conteúdo principal desta tela. Para pular essa leitura pressione TAB e depois F. Para pausar a leitura pressione D (primeira tecla à esquerda do F), para continuar pressione G (primeira tecla à direita do F). Para ir ao menu principal pressione a tecla J e depois F. Pressione F para ouvir essa instrução novamente.

Título do artigo: Ella Fitzgerald

por:

Cantora popular norte-americana (25/4/1918-14/6/1996). Desenvolve um estilo de cantar jazz muito imitado nas décadas de 50 e 60. Nascida em Newsport News, é descoberta em 1935 em um concurso de amadores no bairro nova-iorquino do Harlem e começa a carreira na orquestra de Chick Webb.

 Ella Fitzgerald Em 1939, com a morte de Webb, passa a liderar a banda e no ano seguinte inicia carreira-solo. Na década de 50, quando trabalha com o produtor e empresário Norman Ganz, diretor da gravadora Verve, vive os melhores momentos da profissão.

Torna-se uma das maiores recordistas de vendagem de discos da história com os 19 songbooks que grava para o selo entre 1956 e 1967, em que reúne canções de compositores como Richard Rodgers, Cole Porter, George Gershwin, Duke Ellington, Irving Berlin e Johnny Mercer. Tem dicção excelente, mas sua interpretação é mais intuitiva que estudada. ]

Torna-se famosa pelo domínio da técnica do scat, em que o cantor canta improvisando como se fosse um trompete ou um saxofone, usando sílabas sem sentido. Entre seus discos mais conhecidos estão Lady Be Good (1946), Porgy and Bess (com Louis Armstrong, 1958) e Imagine My Frustration (com Duke Ellington, 1965). A partir de 1971, sua carreira começa a ser prejudicada pelo glaucoma. Vítima de diabete, tem as duas pernas amputadas e morre em Los Angeles.